• Balneário Gaivota

    MIN 16ºMAX 20º
  • Balneário Arroio do Silva

    MIN 17ºMAX 20º
  • Araranguá

    MIN 16ºMAX 20º
  • Santa Rosa do Sul

    MIN 17ºMAX 19º
  • Sombrio

    MIN 16ºMAX 20º
  • Jacinto Machado

    MIN 14ºMAX 21º
Ver mais

Economia

24/05/2017  às 17hs50

Maquininha de cartão Sipag é opção para facilitar as vendas

Maquininha de cartões de crédito e débito é opção para alavancar as vendas


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Associada do Sicoob Credija há quase dez anos, a comerciante Terezinha Filasco adquiriu uma maquininha Sipag logo que o serviço foi lançado pela cooperativa. Com a tecnologia de recebimento instalada, Terezinha percebeu logo de início que a agilidade do sistema facilitou o fechamento das vendas e também melhorou a negociação com seus clientes. "A maquininha é muito rápida, o atendimento é ágil e as funções dela são muito completas", comenta a empresária.

Para Terezinha a Sipag também oportuniza uma maior segurança no recebimento. "Realizar uma venda e não ter que se preocupar com a inadimplência é muito positivo e muita gente acaba não saindo com dinheiro e mesmo assim a venda pode ser feita", explica. A associada destaca ainda o atendimento da Credija como um diferencial em relação as outras instituições financeiras. "Sempre que preciso sou atendida com agilidade, por pessoas que eu conheço e que realmente estão sempre dispostas a colaborar".

Segundo o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Credija, Wolni José Walter, o envolvimento dos associados indica a consolidação da cooperativa como opção confiável para gerir resultados positivos aos negócios. "O crescimento no número de associadas e os exemplos de sucesso alcançados através dos produtos e serviços que oferecemos demonstra que esse relacionamento mais humano faz toda a diferença", considera.

No caso da Sipag, a maquininha tem uma das menores taxas do mercado, além de não cobrar adesão. Com ela o associado pode aceitar pagamentos dos cartões e bandeiras mais importantes do mercado, como: Cabal, Master, Visa, Elo e Sorocred. "Administrar um negócio, independente do segmento, é sempre um desafio, mas certamente o empresário que procura a cooperativa vai encontrar muitas opções para melhorar todo o gerenciamento financeiro", considera Donato Semprebon, vice-presidente da Credija.