• Balneário Gaivota

    MIN MAX 17º
  • Jacinto Machado

    MIN MAX 18º
  • Balneário Arroio do Silva

    MIN 12ºMAX 17º
  • Araranguá

    MIN MAX 17º
  • Santa Rosa do Sul

    MIN 12ºMAX 17º
  • Sombrio

    MIN MAX 17º
Ver mais

Saúde

26/12/2017  às 16hs55

Ideas emite nota sobre situação do Hospital Regional de Araranguá


Foto: Canal Catarinense

Foto: Canal Catarinense


O IDEAS (Instituto Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde), divulgou uma nota oficial confirmando a nova gestão do Hospital Regional de Araranguá.Um contrato emergencial foi assinado entre o Instituto e o Governo do Estado. 


Leia na íntegra:


Considerando a atual situação do Hospital Regional de Araranguá/HRA, o Instituto Desenvolvimento Ensino e Assistência à Saúde – IDEAS informa que foi contratado de forma emergencial, pelo Estado de Santa Catarina, para assumir a Gestão do HRA, a partir desta sexta-feira, 22.12.2017.

Que, em relação a manifestação dos funcionários, o IDEAS se solidariza com a situação em razão do não pagamento de salário pela gestora SPDM, uma vez que se tem notícia que os repasses estão rigorosamente em dia, tal como noticiado pelo Estado e confirmado pelo Judiciário na ação n. 0312602.42.2017.8.24.0023.

Que, ao não cumprir a decisão liminar nos autos da ação n. 0312602.42.2017.8.24.0023, a SPDM defronta o Estado de Santa Catarina e o Poder Judiciário, comprometendo, sobremaneira, o atendimento no Hospital Regional de Araranguá, e, por consequência, prejudicando a população dos municípios da região.

O IDEAS repudia os ataques infundados apresentados pela SPDM contra o seu presidente, Dr. Roberto Henrique Benedetti, no sentido de que este, por ser profissional médico efetivo do Estado, estivesse impedido de exercer suas atividades na instituição, em razão do disposto no art. 137, II, 7 da Lei 6745/85.

É que o dispositivo legal remete às “empresas” e não a instituições, que possui requisitos de qualificação como Organização Social, seguindo a legislação geral, a Lei Federal 9637/98, que, inclusive, exige a participação de membros do poder público nos conselhos administrativos que detém o poder de decisão.

Portanto, é falsa a afirmação apresentada pela SPDM no sentido de que o IDEAS está irregular. A propósito, a SPDM é a única responsável por todo este descaso com a saúde pública no Estado de Santa Catarina, incluindo o HRA, ao pagar “supersalários” à diretoria local, inclusive com valores acima dos vencimentos do próprio Governador do Estado de Santa Catarina e Secretário Estadual da Saúde somados.

Por fim, o IDEAS informa que aguardará o posicionamento judicial (audiência), nesta tarde em relação a situação do pagamento de salários dos funcionários, de modo que tomará todas as providências necessárias para o reinício imediato das atividades no Hospital Regional de Araranguá.

Araranguá, em 22 de dezembro de 2017