• Araranguá

    MIN 10ºMAX 21º
  • Santa Rosa do Sul

    MIN 14ºMAX 20º
  • Balneário Arroio do Silva

    MIN 13ºMAX 20º
  • Sombrio

    MIN 11ºMAX 21º
  • Jacinto Machado

    MIN MAX 23º
  • Balneário Gaivota

    MIN 11ºMAX 21º
Ver mais

Saúde

15/10/2016  às 10hs37

Hospital Regional de Araranguá não será mais municipalizado

Secretário confirmou que ocorreram discussões sobre o tema


Foto: A Tribuna

Foto: A Tribuna


O Secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinubing, acompanhado da gerente de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Patrícia Gomes Jones Paladini, participou de uma reunião na manhã desta sexta-feira, 14, no gabinete do Prefeito de Araranguá, Sandro Maciel, onde discutiu a situação do Hospital Regional de Araranguá.

Na reunião, que contou com a presença do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde), Cleber Ricardo da Silva Cândido e do secretário geral João Batista Martins Estevam, ficou definido que está mantido o contrato do Governo do Estado com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), gestora do HRA. O contrato tem vigência até 2018 e fica inalterado. Sobre a possibilidade de municipalização da gestão, Kleinubing confirmou que ocorreram discussões neste sentido, mas que com a proximidade do período eleitoral elas não avançaram. Ele citou que concluído o processo eleitoral, o entendimento com o Prefeito atual e o Prefeito eleito, Mariano Mazzuco Neto, é de que nenhuma mudança deva acontecer neste período de transição. Segundo ele, futuramente a discussão tem que acontecer com a sociedade araranguaense.

A solicitação feita pelo Secretário de Estado da Saúde aos representantes do Sindisaúde foi da retomada imediata do atendimento regular no Hospital à população, com retorno dos funcionários ao trabalho. O pedido foi acatado pelo presidente, que conversaria com a categoria em assembleia. Kleinubing concluiu que o principal objetivo do Governo do Estado é garantir o atendimento à população. “O Hospital retomará seus serviços, todos os contratos estão mantidos, ninguém foi e nem será demitido. Temos um grande desafio que a crise nos impõe que é a queda na receita e no orçamento da saúde, mas estamos buscando alternativas. O importante é que a situação financeira não interrompa os serviços de saúde”.

Também participaram da reunião a Secretária Municipal de Saúde, Rosane Kochhann, o coordenador da UPA de Araranguá, enfermeiro Fabiano Ribeiro Teixeira e técnicos da gerência de Supervisão de Organizações Sociais da Secretaria de Estado da Saúde. Sobre o tema municipalização do HRA, o prefeito voltou a afirmar que não tomará nenhuma decisão sem que haja o aval do prefeito eleito Mariano Mazzuco Neto. “É importante ressaltar que a questão da municipalização já vinha sendo sinalizada há aproximadamente um ano, mas o Estado não tinha propostas que pudessem dar garantias ao município. A melhor proposta que acreditamos ser viável veio somente às vésperas do pleito eleitoral. Com o término da eleição, liguei para o prefeito eleito Mariano para que pudéssemos conversar sobre o tema”, diz Maciel.