• Santa Rosa do Sul

    MIN 21ºMAX 25º
  • Araranguá

    MIN 19ºMAX 28º
  • Balneário Arroio do Silva

    MIN 21ºMAX 26º
  • Balneário Gaivota

    MIN 19ºMAX 27º
  • Jacinto Machado

    MIN 17ºMAX 29º
  • Sombrio

    MIN 19ºMAX 27º
Ver mais

Religião

27/03/2018  às 13hs53

Católicos celebram ápice da Semana Santa no Tríduo Pascal


Foto: Bibiana Pignatel

Foto: Bibiana Pignatel


O ponto alto da Semana Santa, que recorda toda a trajetória da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo concentra-se no Tríduo Pascal, celebração única que inicia na Quinta-Feira Santa e só se conclui no Sábado Santo, na solenidade da Vigília Pascal.

"Na quinta-feira santa, celebramos a Instituição do Sacerdócio Ministerial e também da Santa Eucaristia, que nos acompanha durante toda a nossa vida, pois é a presença real de Cristo, além de recordarmos o serviço ao qual somos chamados a prestar em nossa vida, com  gesto do lava-pés. Na sexta-feira santa, celebramos a paixão e a morte de Cristo, fazendo nossas penitências, visitando nossas igrejas, celebrando com nossas comunidades a cerimônia da paixão e a procissão do Senhor morto. No sábado à noite, celebramos o grande momento: a Ressurreição do Senhor. Através dela, percebemos que a morte e o pecado perdem toda a força que tinham sobre a humanidade", destaca o Bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Flach.

De acordo com o Bispo, a festa da Páscoa é a mais importante solenidade da Igreja, marcada como grande momento para a fé e a esperança dos que crêem em Cristo. "Rompendo o túmulo, quebrando a pedra, Jesus quebra toda a força do mal que quer sempre nos empurrar para dentro da escuridão. Cristo, a luz, vence isto. Para todos nós cristãos, que temos fé, sabemos que, mesmo que em nossa vida, muitas vezes, possamos nos sentir abatidos pelos sofrimentos e limitações, no fim, o amor e a misericórdia de Deus acabam vencendo, e isso se manifesta, plenamente, no Cristo Ressuscitado", pontua o bispo.